Como parar de tomar?

O desmame da Venlafaxina (Alenthus, Efexor, Novidat, Venlaxin, Venlift OD) pode causar muitos problemas se efetuado de maneira abrupta. Os efeitos da síndrome de descontinuação deste antidepressivo são particularmente agudos e difíceis de se superar.

Quanto maior o tempo de tratamento, isto é, por quanto mais tempo você a tenha tomado, maior será o período de retirada, que pode se estender por meses.

ATENÇÃO! Parar de tomar de uma vez pode trazer graves consequências! O método cold turkey (desmame súbito) pode causar uma sucessão de efeitos indesejados, tais como:

  • Náusea
  • Diarreia
  • Perda de apetite
  • Boca seca
  • Fotossensibilidade (sensibilidade à luz)
  • Obstipação intestinal (prisão de ventre)
  • Sudorese excessiva
  • Cefaleia (dores de cabeça)
  • Enxaqueca
  • Dores no peito
  • Dores musculares
  • Dores nas juntas
  • Fasciculação (espasmos musculares)
  • Parestesia (formigamentos na pele)
  • Fogachos (ondas de calor)
  • Fadiga
  • Bruxismo
  • Hipertensão
  • Dispneia (falta de ar)
  • Retenção urinária
  • Ocorrência de pesadelos e de sonhos vívidos
  • Insônia
  • Excesso de sonolência
  • Desorientação espacial
  • Prejuízo no equilíbrio e na coordenação motora
  • Síncopes (desmaios)
  • Perda de memória
  • Vertigens
  • Sensação de choques elétricos cerebrais
  • Apatia
  • Aumento da ansiedade
  • Transtornos de humor
  • Despersonalização
  • Depressão
  • Perda ou diminuição da libido (desejo sexual)
  • Disfunção erétil
  • Anorgasmia
  • Amenorreia (atraso ou falta de menstruação)

EDIT: Como muita gente que visita o blog fica preocupada com a duração do mal-estar e até mesmo com efeitos colaterais permanentes, eu digo: calma! Se você parou com a Venlafaxina de vez e manifestou algum daqueles sintomas, não se desespere, não vai durar para sempre!

É recomendável diminuir a dose aos poucos, reduzindo a quantidade administrada em intervalos longos (meses), preferencialmente sob orientação médica. Lembre-se que o remédio só pode ser adquirido com receita de um profissional.

Vou descrever brevemente minha experiência pessoal: Depois de dois anos e meio tomando a Venlafaxina na dosagem de 150 mg, baixei a 75 mg e depois a 37.5 mg em apenas um mês. No quarto dia já na dosagem de 37,5 mg meu mundo veio abaixo: vertigens, dores de cabeça, crises de choro. Para que você não passe pelo que passei, minha dica é: Procure escutar os sinais de seu corpo – eu mesmo senti alguns incômodos menores antes da big crise, mas não associei uma coisa à outra. Não tenha medo de retomar a dose anterior e só reduzi-la quando se sentir seguro. Acredite: ninguém melhor do que você para saber como e quando parar.

Há vários laboratórios que sintetizam e vendem a Venlafaxina no Brasil. Ela foi primeiro lançada pelo laboratório estadunidense Wyeth em 1993, comercializada sob os nomes Efexor, Effexor ou Trevilor, a depender do país.

No Brasil pode ser encontrada com os seguintes nomes: Cloridrato de Venlafaxina (Biosintética Aché), Novidat (Diffucap-Chemobras), Cloridrato de Venlafaxina (EMS), Venlaxin (Eurofarma), Cloridrato de Venlafaxina (Germed Pharma), Cloridrato de Venlafaxina (Legrand), Alenthus XR (Medley), Venlift OD (Torrent Pharma), Efexor XR (Wyeth).

Em Portugal, a título de curiosidade, é vendida com os seguintes nomes: Bitural, Desinax, Efexor, Efique, Genexin, Leritex, Pracet, Venxin, Xapnev, Zaredrop e Zarelix.

Como a droga é comumente vendida em três dosagens fixas – 37,5 mg, 75 mg e 150 mg –, pode haver necessidade de manipulação do interior das cápsulas para que se alcancem dosagens intermediárias.

O interior das cápsulas é semelhante em todos os medicamentos vendidos pelos diversos laboratórios: repleto de grânulos (bolinhas). Há como readequar a dosagem de várias maneiras: derramando as bolinhas sobre uma superfície lisa e retirando o excesso com uma folha de papel dobrada, por exemplo. Ou ainda utilizando uma balança de precisão para pesar a cápsula antes e depois. Se você for muito neurótico, pode contar a quantidade de bolinhas da cápsula e retirar o excesso com uma pinça. A cada semana pode reduzir o montante gradativamente, sem se submeter às doses fixas vendidas pelos laboratórios.

Capsula de Venlafaxina

Cápsula de Venlafaxina

Caso não se sinta confortável ou tema manipular o interior das cápsulas, pode optar por tomar a droga em intervalos mais longos do que o comum, e a cada dia alargar ainda mais o intervalo entre a ingestão de uma cápsula e outra. Grandes intervalos entre a ingestão de uma dose e da outra podem esbarrar, entretanto, em sintomas de descontinuação, devido à curta meia-vida da Venlafaxina (ela é absorvida e eliminada do corpo em poucas horas).

Em alguns casos é recomendável fazer o desmame aliado à introdução de um ISRS (Inibidor Seletivo de Recaptação da Serotonina) tal como a Fluoxetina (Prozac), que possui efeito similar (também age no aumento da concentração de serotonina no cérebro), mas que possui uma meia-vida (tempo de decaimento) maior do que a Venlafaxina, sendo sua retirada posterior muito menos penosa e problemática.

Conselho útil: planeje para que a última etapa do desmame – quando descer a zero – não coincida com um período atribulado de sua vida, em que você esteja sendo cobrado profissional ou emocionalmente. Caso venha a enfrentar algum efeito colateral, é melhor que o faça descansando, sem outras preocupações.

Além disso, esteja sempre cercado de amigos e familiares que possam lhe oferecer ajuda. Suportar sozinho os efeitos da abstinência da Venlafaxina pode se revelar uma marcha dolorosa.

Durante o desmame, mantenha uma dieta saudável, pratique exercícios físicos e beba bastante água. Embora não haja evidência científica, há inúmeros relatos em fóruns de pessoas que superaram a Venlafaxina com ajuda de complexos vitamínicos e cápsulas de óleo de peixe, que são fáceis de encontrar a um preço relativamente baixo.

Aviso: Procure orientação médica antes de iniciar o desmame da Venlafaxina.
Anúncios

1.684 opiniões sobre “Como parar de tomar?

  1. Bom dia. Por favor, me insiram no grupo. Iniciei o desmame há uma semana e estou sentindo os efeitos. Preciso parar o quanto antes, pois vou fazer a bariátrica e esse medicamento não tem em líquido. Obrigada. Abraços e excelente semana! 51 985842210

    Curtir

  2. Boa tarde
    Faço uso do venlift a um ano e cinco meses no início foi um inferno já que parecia ter aumentado sintomas da depressão hoje estou melhor ja não preciso tomar remédios para dormir tomo somente venlift 75 quando acordo se tiver grupo me add 21973618875

    Curtir

  3. Há quase um ano estou tomando venlafaxina na dosagem de 150 mg diários. No início do tratamento sofri muito com os efeitos colaterais, que permaneceram em menor intensidade e não tive melhora significativa na depressão com ele. Há 3 ou 4 meses converso com meu psiquiatra relatando que não me sinto melhor e solicitando uma troca. Ele me pediu um pouco mais de paciência o que não tenho mais, até porque nesse período engordei cerca de 15 quilos e ainda estou com o sono e outros aspectos de minha vida totalmente alterados. Portanto mesmo não sendo aconselhável resolvi para com o medicamento por conta própria, e já havia percebido sinais fortes de abstinência algumas poucas vezes em que me esqueci de tomá-lo por 2 dias. No começo foi difícil pois sentia uma espécie de “choque” na cabeça ao fazer movimentos bruscos, perda do equilíbrio, taquicardia, enjoo e problemas intestinais, pesadelos e problemas de sono, dentre outros. Percebi que os sintomas apareciam aproximadamente após 48 horas após a interrupção do uso do medicamento. Então esperava eles aparecerem e progressivamente ia aumentando esse período (48 para 52 horas, depois 56, etc). Agora estou há pouco mais de 4 dias sem a droga e desde ontem sentindo parte destes efeitos colaterais desconfortáveis, mas a intensidade deles está melhor, e isso aliado ao fato que já aprendi a lidar parcialmente com isso me faz crer que agora possivelmente consigo me livrar dessa droga que só me trouxe desconforto.

    Curtir

  4. Olá pessoal,tomo velafaxina 150mg e estava a 3 dias sem Tomar,mas estava me sentindo muito mal c/diarréia,náuseas,vômitos constantes,desanimada e fora a coceira no peito do pé,parece que surgiram bolhas.
    E como tenho crianças, não consegui!tive que tomar 1 cápsula.Mas quero me livrar desse(remédio) que era pra fazer bem e só está me fazendo mal.

    Curtir

  5. Tenho síndrome do pânico, por isso comecei a tomar antidepressivos. Comecei tomando a paroxetina que me fez muito mal, fiquei depressiva e com tendências suicidas. Então troquei para a Venlaflaxina, hoje tomo 225mg, a dosagem máxima, e tem 6 meses já. Devo começar a parar em dezembro, tenho medo do desmame, pois passei muito mal com o da paroxetina. Me dei muito bem com a Venlaflaxina, não engordei (sempre fui gorda), tenho os efeitos “leves” que são o formigamento, espasmos, sonhos vividos e sudorese. Espero me dar bem no desmame.

    Curtir

  6. Olá de novo!! Desculpe a encheção mas estou numa preocupação e dúvida que só. Vocês acham que vale a pena trocar o Alenthus XR (venlafaxina de liberação controlada) pelo Pondera (paroxetina). Alguém sabe me dizer se o Pondera causa queimações/dores na região do meio do peito (estômago, coração etc)?? Uso o Alenthus XR e Sinto muita queimação,dor na região que disse e isso tira a minha confiança. Parece que vou ter um treco sei lá. Alguém sabe se isso passa??

    Curtir

  7. Oi Pessoal,
    Resolvi escrever esse relato do meu desmame da velafaxina para ajudar outras pessoas. Minha história com essa droga começou quando há um ano e meio quando tive um crise de ansiedade e meu médico, imprudentemente, me receitou de cara a dose 150 mg diários. Segundo ele esse remédio era “fraquinho” e de fácil desmame. Na inocência eu aceitei o tratamento.
    Depois de um ano e meio eu já havia engordado 12 kg, mesmo mantendo uma dieta saudável (inclusive virei vegetariano) e fazendo atividade física de alta intensidade (crossfit) regularmente e senti também que o remédio não estava sendo eficaz para tratar a minha ansiedade. Foi aí que vi que tinha algo de errado comigo e resolvi pesquisar sobre o remédio e pra minha surpresa vi muitos relatos de pessoas que também engordaram bastante após fazer o uso do mesmo. Fiquei mais aterrorizado ainda quando encontrei esse blog e vi os relatos das pessoas que tentavam retirar o medicamento e experienciavam efeitos colaterais assustadores provenientes da abstinência. Efeitos esses que eu já havia tido quando viajei em Março desse ano e esqueci de tomar o remédio por 2 dias. Enfim, decidi que era a hora de me livrar dessa droga maldita.
    Pois bem, reduzi a dose pela metade (75 mg diários) e assim permaneci por uma semana. Depois reduzi para 37,5 mg mas fiquei apenas dois dias com essa dose mínima e já resolvi tirar de vez. Porque os colaterais na primeira semana foram tão fortes que imaginei que não poderiam ser piores ao abandonar a dose total. E assim foi: estou hoje no quarto dia com 0 mg diários e os colaterais estão bem menos fortes (apenas enjoos e tonteiras que amenizo com o uso e plasil e analgésicos) do que na semana anterior. E espero estar totalmente livre desses efeitos no 7º dia.
    Claro que cada pessoa reage de uma forma, estou apenas compartilhando com vocês como está sendo minha experiência. Quando eu estiver 100% volto aqui para contar para vocês.
    Dicas: Várias dicas aqui do blog me foram úteis. Estou comendo MUUUITTOOO peixe, suplementando com ômega 3 e vitaminas, atividades físicas diárias. Tb li que devemos aumentar a ingestão de alimentos ricos em tripofanos (que é a substancia percussora do serotonina) como mandioca e castanhas. Também tem me ajudado muito o consumo de Açai (não encontrei fundamento nenhum nisso mas me sinto muito melhor depois de consumir e tem me ajudado bastante), além do uso de florais para ansiedade e meditação budista (quem tiver curiosidade pesquise no youtube pelos vídeos da Monja Coen).
    Nesse período comprei uma pulseira magnética com FIR que um amigo havia me recomendado (ele parou de tomar rivotril apenas utilizando ela). Não recebo para fazer propaganda mas quem tiver curiosidade pesquise sobre e tire suas próprias conclusões. O nome é Pulseira Terapeutica FIR da Niponflex.

    No mais desejo boa sorte a todos e agradeço imensamente a esse blog onde encontrei apoio nesse período.
    “Respirando, a inspiração termina, a expiração termina. Nada é fixo. Nada é permanente. Tudo que começa, termina.” (de Xaquiamuni Buda)

    Curtir

    • Parabéns pelo sucesso na retirada! Estou iniciando a venlafaxina (Alenthus Xr) mas tenho sentido muuito incômodo (queimação, dor) na região do meio do peito. Meu médico diz que é estômago ou esôfago e que é efeito do remédio mesmo. Disse pra eu tomar omeprazol. Sem contar dificuldade de ejacular e libido baixa durante o dia. Você também sentiu colaterais n0 início?? Se sim, quais?? Eles passam com o tempo Qual marca usou?? Estou preocupado e querendo trocar o medicamento. Antes do Alenthus, fiz um mês de Paxil 12,5 (paroxetina liberação prolongada) mas ele me deixava com sono o dia todo e também me dava desconforto na região do peito. Estou procurando um medicamento que não seja efeito prolongado que me parece que esses atacam o meu estômago. Fui em uma psiquiatra que me passou Pondera (paroxetina), estou tentando ver se ele também é efeito prolongado ou não. Complicada a situação aqui. Os remédios que era para nos ajudar, nos f**em, minando nossa confiança. Triste.

      Curtir

      • Quando comecei a tomar paroxetina, eu comprava o Pondera. Porém ele era muito caro é comecei a tomar ele manipulado. Quanto a velafaxina eu tomava a genérica da eurofarma e as vezes mandava manipular.
        No entanto nunca sentir desconforto no estômago por causa do remédio. Mas já li que em algumas pessoas tem esse efeito colateral.
        Amigo, a verdade é uma só, remédio ajuda em uma coisa é foda outras duas.

        Curtir

      • Vinícius, você sabe me dizer se a venlafaxina que você tomou era de liberação prolongada/lenta? Só existe venlafaxina de liberação lenta, que vem com a capsula com bolinhas ou existe outro tipo??

        Curtir

    • Parabéns!! Estou no início e preocupado se devo continuar com essa medicação ou não. Mais gente falando mal do que bem. Você a usou por quanto tempo?? Ela deu certo com você? Muitos efeitos colaterais?? QUal marca você usou??

      Curtir

      • Foram 13 anos tomando antidepressivos. 9 anos usando paroxetina e 4 anos tomando velanfaxina. Na verdade comecei a tomar depois de um Pé na Bunda de uma namoradinha, aos 19 anos. Não tive maturidade emocional pra lidar com esse probleminha. No começo o remédio foi útil. Mas acho que não era necessário… a tristeza ia passar. Mas optei em ficar me drogando, a final era mais fácil. Hj com 33 anos, e com uma cabeça mais madura, resolvi q não precisa de nenhuma droga para me guiar. Fiquei 1 ano fazendo o desmame, cheguei a tomar 150 mg, fui reduzindo com calma, no meu tempo. Mesmo assim foi muito difícil, a cada redução a abstinência me atacava. Quando parei de vez de tomar o remédio foi terrível. Mas deu para suportar, pois estava decidido. Quando parei, tive uma forte abstinência por uns 7 dias..depois foi passando… hj 2 meses depois nao sinto falta dessa droga.
        É importante dizer que tive apoio incondicional de minha esposa, fiz atividade física, procurei ajuda de psiquiatra e faço terapia. E muita força de vontade.
        Tbm quero dizer q não estou aconselhando ninguém a parar de tomar essa droga. Entendo cada um tem o seu motivo para tomar. SÓ estou passando minha experiência. Boa sorte a todos.

        Curtir

      • Legal a sua experiência e mais uma vez parabéns pelo sucesso que teve. Sem querer ser muito chato, mas você poderia me dizer quais os tipos e marcas de paroxetina e venlafaxina você usou?? Após eu ficar um mês sofrendo com o Paxil 12,5mg (paroxetina liberaçõa lenta), pois ele me causava muita sonolência e umas dores no meio do peito. Aí quando voltei ao psiquiatra ele mudou pra venlafaxina (Alenthus XR) 75mg liberação lenta. Infelizmente esse tem me causado mais desconforto na área do meio do peito, o médico disse que não tem a menor chance de ser coração, disse que é estômago e pra eu tomar omeprazol. Fico na dúvida pois não quero ficar sentindo esse desconforto o tratamento inteiro que sabe-se lá quando vai acabar. Você sentiu muitos efeitos colaterais com os medicamentos?? Quais??

        Curtir

  8. Olá faço o uso da venlafaxina a 1 ano e meio já cheguei a tomar uma dosagem de 150mg porem venho fazendo o desmame aos poucos hoje tomo 37,5 e me sinto bem comecei o tratamento com venlafaxina por conta da ansiedade…porem agora estou tentando fazer o desmame total e esta sendo muito difícil náusea choque no cérebro tonturas …etc porem não vejo a hora de me libertar desse medicamento por favor me ad no grupo meu tel é (11) 94013-8564

    Curtir

    • Olá, tomara que tudo dê certo com seu desmame. Ele foi efetivo com você? Toma por quanto tempo? Te deu muitos efeitos colaterais ou foi tranquilo?? Qual marca você usou?? Pois dependendo da marca há diferenças na composição.

      Curtir

  9. Olá, parei de tomar venlafaxina há 4 dias, não tenho receita e não mais plano de saúde. Tomava a dose de 75 mg há 2 anos. Estou tendo praticamente todos os sintomas de abstinência e estou passando por um momento de bastante pressão na minha vida. No primeiro dia já sentia alguns dos sintomas como a sensação de choques na cabeça, tontura e formigamento. À partir do segundo dia comecei a me sentir mais ansiosa sobre as situações da vida, e tendo sentimentos mais aflorados, senti nostalgia de algumas coisas e me emocionei com que não me emocionariam no efeito do medicamento. No terceiro e quarto dia as náuseas e diarreias vieram à tona, acompanhadas de um certo grau de desorientação e lentidão de movimentos, acrescidos dos primeiros sintomas. Porém agora, os choros já não eram de emoção, tive vários momentos de real desespero em que chorei como se o mundo fosse desabar. Está sendo complicado, espero sair dessa viva. Vim apenas dar o meu relato e se possível saber se depois de mais alguns dias sem a droga (já que inevitavelmente tive que parar), os sintomas vão acabar, sem que eu tenha que retomar o tratamento. Gostei muito do espaço e espero que todos aqui encontrem o que buscam. Abraços.

    Curtir

  10. Olá,
    Que bacana esse espaço…
    Gostaria de participar do grupo também, pois quero propor a retirada desta medicação ao meu médico… Sinto que ela não faz o efeito esperado e ele aumentou de 75 para 150.

    Curtir

  11. Olá, iniciei a venlafaxina liberação prolongada (Alenthus XR). Esse venlafaxina que vocês se referem aqui na página é essa venlafaxina XR ou outra venlafaxina de liberação normal?? Existe venlafaxina de liberação normal??

    Comecei a sentir uma queimação na região do coração, estômago e tal. Meu psiquiatra fala que pode ser sim do medicamento e falou pra eu tomar omeprazol e que também os efeitos podem sumir.

    Alguém aqui teve boa experiência com essa droga?? Pois estou começando a me sentir bem na parte mental, infelizmente começaram essas queimações. E olha que me alimento bem creio eu.

    Olhei em um site internacional o pessoa falando muito mal do Effexor XR (venlafaxina xr). Enfim, vocês acham melhor eu trocar para uma venlafaxina de liberação normal, tomada duas vezes ao dia. Parece que existia uma assim, ainda existe, é a que vocês usam??

    Curtir

    • Eu vi que a composição do Effexor XR contém óxido de ferro (ferrugem) diferentemente do Alenthus XR. Eu achava que o Alenthus também tinha ferrugem na composição. Será que pode ser a ferrugem o que causa tantos transtornos em quem toma o tal Effexor??

      Curtir

    • Para o quanto antes, isso não é um remédio isso é um verdadeiro veneno, estou tomando ha dois anos e não melhorei em nada, tudo o que me cousou foi dores nos nervos, e nas articulações e todos esses sintomas descritos acima… Tem dias que não consigo levantar da cama sem ajuda, e o pior de tudo são os pesadelos, quando eu consigo dormir.

      Curtir

      • Olá!! Poxa sinto muito por seu mal estar, Maria. Hoje propus ao meu médico a troca do alenthus pela paroxetina ou outro, mas ele não quis, achou melhor não, estou no 13º dia. Estou muito confuso e preocupado. Quando iniciei fiquei um mês tomando Paxil (paroxetina liberação controlada) e me sentia cansado e com sono o dia todo além de dar a mesma queimação na região do peito que parece ser no coração mas o médico fala que estômago ou esôfago. Enfim, qual a venlafaxina você toma, Maria?? É o Alenthus ou Effexor, ou outro?? O que me dá raiva é que os remédios que deveriam nos ajudar acabam por nos minar tirando a nossa confiança. Provavelmente uma jogada pensada para que as pessoas nunca melhorem. É o que tento falar para as pessoas, eu não estou triste e sem confiança por causa da ansiedade mas sim por causa dos efeitos colaterais dos remédios. Mas ninguém acredita. O povo só sentindo na pele mesmo pra crer em algo.

        Curtir

  12. Tomei Venlafaxina 75mg por mais de 3 anos. Faz três semanas que estou no desmame. Passei para a dose de 37,5 por 14 dias e agora mais 14 dias tomando um dia sim e um dia não. Por estar sendo aos poucos não estou sentindo efeitos colaterais, mas não indicaria essa medicação a ninguém. Se eu esquecia de tomar um dia sequer já me sentia mal. Tomei por causa da ansiedade e sinceramente, acredito que existam outros melhores.

    Curtir

    • Olá Fabiana. Iniciei com 75mg tb (effexor XR), faz 15 dias. Estou me sentindo bem melhor. Vc está fazendo corretíssimo com o desmame aos poucos. Vi mtas pessoas comentando que pararam de forma repentina, é totalmente incorreto, inclusive está na bula que não pode parar de forma repentina. Enfim. Vc comentou que acredita que existam outros medicamentos melhores para ansiedade/TAG. Lembra de alguns nomes de remédios?

      Curtir

  13. Olá, tomo venlafaxina a 3 anos e já tentei fazer o desmame algumas vezes mas sem sucesso. Estou tentando novamente, baixando de 75 pra 37,5 hoje e espero consegur. Se puderem me add no grupo, meu telefone é 48 996701875

    Curtir

  14. Boa tarde!
    Estou tomando venlaxina a 3 meses e esrou emagrecendo bastante será que pode ser do remédio.
    As reações que tive foram bem melhores q as sensações da minha ansiedade.

    Curtir

  15. Olá.. tomei esse medicamente durante 5 anos 150mg, mas ultimamente me esquecia muito, estava engordando e não me sentia bem. Há 15 dias reduzi para metade, 75mg e nos ultimos dias nem consigo ver a luz do dia. Estou a passar mal, dores de cabeça, suores, pesadelos, enjoos. Já fiz muitos desmames e nunca me sinti tão mal

    Curtir

    • Como faço para ser adicionada no grupo? Tomava 300mg desde 2011 para dor crônica e depressão; como não estava sendo tão eficaz quanto o Amytril a médica decidiu retirar a Venla. Foi ok até atingir 112,5 mg. Agora estou com 56mg e desesperada com muita dor, tontura, etc Estou passando muito mal.
      011 98178-0408

      Curtir

    • Eu estou tomando a 8 meses e estou engordando muito e tendo algumas reaçôes, fazem 5 dias que meu medicamento acabou. Tomo o de 75 mg, estou doida p deixar, mas nesses poucos dias sem tomar estou me sentindo bem pior. Insonia, formigamento, enjoo, enxaqueca, falta de ar, choro, desespero. Não sei o q fazer…esperando dia da consulta.

      Curtir

  16. Olá,tomo esse remédio ha 10 meses,mas pelo que vi eu tomo a maior dosagem 187,5mg porém estou com suspeita de gravidez,então parei ontem o remédio de vez,quando foi hoje por volta das 12:30 começou tudo,estou tremendo até agora,choques no corpo,muito enjoo,diarréia,tonturas,cabeça vazia,sensação de loucura e desmaio.liguei pra minha médica e tomei 75mg pra retirar rápido até na segunda chegar em 37,5mg

    Curtir

  17. Olá, meu nome é Miriam e comecei a tomar o Venlafaxina faz um ano e meio, porque entrei na menopausa e não posso fazer a reposição hormonal, pois minha irma teve câncer de mama, e tenho tido episódios constantes dos terríveis fogachos. Me mudei de Brasília pra MG e meu medicamento acabou antes da consulta que marquei com a ginecologista. No quarto dia sem ele, comecei com as náuseas, vômitos, diarreia, fortes dores de cabeça, muita tontura, além da fotofobia e da congestão nasal. Sou fibromialgia e 20 anos, e acabei somando tantos sintomas ruins ao mesmo tempo, que me arrependi de ter começado o uso desse medicamento. Estou sofrendo muito, e espero que tudo isso passe logo, pois não quero retomar o uso dele. O que mais me deixou indignada, foi a falta de informação da minha ginecologista, que me receitou, mas não me informou que esse medicamento não poderia ser interrompido ser fazer o desmame. Essa é minha péssima experiência com o cloridrato de venlafaxina.

    Curtir

  18. Olá boa tarde tomei meu ultimo remédio hj dia 13/10/2017, tomo desde de 2012 Cloridrato de Venlafaxina, a 8 meses tomando 37,5 mg estou sem receita, talvez pegue na segunda dia 16/10 de qualquer maneira vou ficar sem, seu eu conseguir passar por estes dias sem não quero mais tomar, por favor gostaria que me add no grupo do Whats sou de Bragança Paulista (11) 995571360.

    Curtir

  19. Bom dia!

    Fazia uso do venlaxin 75 mg desde maio desse ano e à 8 dias interrompi o tratamento por conta própria mas está sendo complicado… As dores musculares foram tão fortes que tive que recorrer à antiinflamatórios e relaxantes musculares… Os pesadelos só não são frequentes pq estou tomando 0.25 mg de alprazolam a noite… Dores de cabeça, sonolência, cansaço e tonturas foram intensas somente entre 24 e 72 hs após a interrupção e já não incomodam mais… Mas o que está me incomodando atualmente é a congestão nasal permanente e a sensação de baixa imunidade, tudo tem inflamado em mim, até mesmo uma simples picada de inseto no dia seguinte parece uma queimadura de cigarro… Tenho uma cx dele em casa, além de muitos outros (Donaren retard, wellbutrin, escitalopram, prebictal, alprazolam…) Pq estava em tratamento para síndrome do pânico à mais de um ano… Mas hoje saí sozinha pela odontolóprimeira , e vez depois meda interrupçao e tive uma crise na cadeira do dentista… Consegui me controlar e embora tenha ficado um pouco atordoada, não interrompi o atendimento no dentista e consegui voltar sozinha pra casa. Será esse o tal efeito rebote?
    Enfim, aparentemente vou sobreviver!! RS…

    Gostaria de participar do grupo.

    11-989464420

    Curtir

  20. Boa noite,
    Gostaria de participar do grupo 32 9.8802 9342
    Tenho algumas tentativas frustradas de parar de Tomar o medicamento 150mg.
    Amanhã irei tentar diminuir a dose pra 75 mg.

    Curtir

    • Recomendo diminuir mais devagar. Tomava tbm 150 mg. Demorei um ano para conseguir parar de vez. Primeiro diminui para 112.5 mg e fiquei 2 meses nessa dosagem. Depois fui para 75 mg e fiquei uns 3 meses com essa dosagem. Aí fui para 37.5 mg e fiquei mais 2 meses. Finalmente fui parando, tomando dia sim dia n, por 1 mes. Ai no mês passado consigui parar de vez. Tudo com ajuda de psicóloga, psiquiatra e família. Mas o mais importante foi ter a certeza que n queria mais tomar remédio a vida inteira. Hj estou bem sem o remédio.
      Boa sorte

      Curtir

      • Que ótima notícia. Estou iniciando o tratamento, com Effexor XR 75mg, estou me sentindo bem melhor. sem crises de ansiedade/TAG/Pânico. Enfim. Com certeza o desmame deve ser gradual. Não sei quanto tempo tomarei, mas com certeza meu desmame será gradual tb. Espero não sentir efeitos, assim como vc. Seguirei à risca as recomendações médicas.

        Curtir

    • Boa Tarde!
      Josiane, há um mes atras completei o desmame da Venlafaxina e substitui pelo 5HTP. Está sendo bastante positivo os resultados.
      Mais há observações a se fazer: Voce precisa dar um intervalo de pelo menos duas semanas da retirada da Venlafaxina para assim iniciar o uso do 5HTP.
      O 5HTP,assim como os antidepressivos de Recaptação de Serotonina, demoram em média de duas semanas para serem apresentados os sintomas.
      O processo demora um pouco mais vale a pena. O 5HTP é bastante positivo para o tratamento!!!
      Espero ter ajudado!!!

      Curtir

      • Aguarde duas semana para utilizar o 5HTP depois da retirada da Venlafaxina.
        Aconselho voce a retornar com o seu médico e informar sobre a substituição da Venlafaxina pelo 5HTP. Mesmo ele sendo natural possuem algumas advertencias sobre o mesmo.
        Indico à voce também utilizar junto com o 5HTP a L-Teanina e o Magnesio Glicina Quelato. Em conjunto com o 5HTP é ótimo para casos de Depressão leve a moderada e transtornos de Ansiedade e Panico.
        Consulte o site abaixo. Nele tem todas as informações sobre esse composto.
        //www.titofarma.com.br/Saude/Sono-e-Ansiedade/l-theanina-5-htp-magnesio-glicina-60-doses

        Curtir

  21. Olá amadas boa tarde

    *Se tiverem um grupo gostaria muito de fazer parte*

    Bom estou a exatamente 2 meses tomando Venlafaxina..
    E por acaso entrei neste site coloquei no Google minhas reações mais atormentadoras ao medicamento e este maravilhoso site apareceu.
    Meninas não como só bebo muita água e sucos, estou com excesso de suor, batimentos cardíacos incontroláveis, meu Deus, enjoos, tonturas, urina descontrolada é muito mais. Tomei Rivotril por 7anos mais agora estou em desespero total não queria mais tomar a Venlafaxina estou sofrendo muito mais muito mesmo.
    Por favor se alguém aqui puder me ajudar sei lá me passando a experiência de vocês ou se tiveram as mesmas reações podem me chamar .
    Obrigada e se puderem me colocar no grupo agradeço

    12982379645

    Curtir

  22. boa noite, tb resolvi parar de tomar pq estou engordando muito, tem dois dias que não tomo, confesso que é de assustar mesmo, eu nem consigo descrever os sintomas.. mas enxaqueca, taquicardia, enjoo, é certo…os outros sintomas não consigo expressar.
    isso por que estou tomando essa droga a dois meses.

    Curtir

  23. olá, gente! estou fazendo a retirada, estou tentando tomar somente em dias alternados, mas já no segundo dia tive diarréia, fotossensibilidade, ansiedade aumentada, enjôo demais e não consigo comer direito… meu médico é maluco, disse que a retirada não iria ser sentida pq ele adicionou o escitalopram no lugar de venlafaxina, já que ela não me ajudou a tratar a ansiedade e a fobia social (acho que tomei por uns três meses, estava na dose de 150mg). ainda bem que não estou trabalhando e nem estudando, posso me dedicar a ficar doente kkkkkkk tô rindo pra não chorar, que horror esse remédio!!!

    Curtir

  24. Gente do céu vcs tem um grupo? Parei de vez e não sabia com o que estava me metendo. Já tomei varios ao longo dos 7 anos e essa foi a pior. Estou há 15 dias ruim e há 5 com crises de enxaqueca de ir internada e ainda estou ruim. Já desmamei reconter, fluoxetina, sertralina e nem de longe senti tanta coisa ruim…..Jesus….pior remédio isso pq tomei só 1 mês

    Curtir

  25. Comecei a tomar esse remedio a 2 dias, tudo que li aqui me deixou ainda mais em panico do que eu ja estava!
    Nao sei se é melhor eu parar agora e nem tomar a 3a dose e ir em outro psiquiatra e ver outra medicação…. nao consigo acreditar como pode ainda ser receitado um remedio que parece fazer mais mal do que bem

    Curtir

    • É uma decisão difícil… voltei a tomar meia dose do 37,5 pois não consegui ficar sem, mas em breve terei que parar de vez pois quero engravidar… mas não me arrependo de ter iniciado o tratamento, quando comecei a tomar eu realmente precisava. Estava muito mal. Pense bem e não se precipite, a única coisa é ter em mente que não pode viver sendo dependente de nada, muito menos do remédio… o desmame não é fácil, mas você vai conseguir quando chegar a hora.

      Curtir

  26. Hoje está fazendo um mês que parei de tomar venlafaxina. Como já disse aqui, foram mais de 13 anos de uso dessa droga. Os primeiros dias sem ela foram muito difícil. Tive enjoos, choques na cabeça, pesadelos terríveis, suava frio e etc. Parecia que a abstinência não ia ter fim. Fiz o desmameme aos poucos e foi tudo bem até chegar a 37.5 mg. Difícil mesmo foi a retirada total. Mas da para suportar. Com 10 dias já não tinha mais abstinência.
    Para ter o êxito em parar de tomar o remédio contei com a ajuda da minha esposa, psicóloga e fiz atividades físicas. Mas o mais importante foi eu me conscientizar que não queria ficar me drogando a vida toda, que a vida é feita de momentos de tristeza também e de vários outros sentimentos negativo. E que vou repreender a viver com esse sentimentos.

    Curtir

    • gostaria q me adionassem no grupo 041 991592088- e normal uma pressao na cabeça como se fosse uma enxaqueca, não consido adm meus pensamentos…so quero deitar e fechar os olhos, parece que minha mente se acalma assim quietinha.

      Curtir

    • Olá! Tomo venlafaxina há um ano e também gostaria de parar, porém tenho muito medo pq fiquei dois dias sem tomar e tive muita vertigem, falta de apetite e enjoo. Gostaria de ser adicionada ao grupo de whatsapp: (79)991101805
      Obrigada

      Curtir

  27. Ola galera toma de 75 a 4 anos passei por 37,5 Mais parece que comecei a volta a sentir de novo !!! Tirei muito rápido!! Teve dia de eu.nao tomar nem.o.37,5 queria entra no.grupo 034 998000418 me addd la abraço a todos!!!

    Curtir

  28. Andreia e Qezia, não é só taquicardia que dá, não. A pressão arterial oscila muito. O batimento do coração fica completamente inconstante. Não faça o desmame súbito, pode ser perigoso. Vá fazendo progressivamente. Os 10 dias após a redução da dose são realmente difíceis, mas toleráveis. Tome diclofenaco sódico para as dores musculares e Dramin B6 para as ânsias de vômito. Faça uso do Ensure como complemento alimentar, já que o apetite vai pro espaço. Não se esqueça da água, muita água. Vocês vão conseguir.

    Curtir

  29. Já tomo o velafaxina a 5 anos e resolvi para de tomar, pois o remédio já não me dava o mesmo resultado. Parei de tomar o remédio tem 5 dias, estou muito mal, não sei se vou aguentar.

    Curtir

    • Qezia, boa noite! Beba bastante soro caseiro e água de coco. Os sintomas são terríveis, mas o soro e a água são aliados imprescindíveis. Nos 5 primeiros dias não consegui me alimentar e já estava sem forças. Foi quando minha mãe lembrou do soro e um amigo querido indicou a água de coco. Maravilhosos!!! Hoje estou no oitavo dia. Ainda não estou 100%, mas estou bem melhor. Já entendi que o caminho não é curto, mas significa a redenção. Vamos em frente e sempre nos ajudando… Fique bem. Beijo.

      Curtir

    • Oi, Qézia, como você está hoje? Espero que menos mal. Conte comigo para desabafar, viu? Ajuda muito. Entre para o grupo do whatsApp. Lá nossas angustias serão tratadas como devem: com respeito pela aflição alheia, coisa que nem sempre encontramos fora dele. Não culpe as pessoas à sua volta, eles desconhecem os efeitos pelos quais estamos passando, por isso não compreendem. Forte abraço. Vamos em frente! Hoje estou no 13º dia. Vou sobreviver!!! Beijo.

      Curtir

      • Boa noite. Reduzi a dosagem à um ano e estou insegura de parar, mas preciso e o efeito do remédio não é mais o mesmo. Estou indo para a ultima cápsula do 37,5. Por favor,me adicionem no grupo. Obrigada! 41 99598-3747.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s